Janeiro Branco – Cuidando da Saúde Mental

Janeiro é o mês escolhido porque representa um mês de esperança e renovação, novos projetos de vida, ano que se inicia.

A campanha estimula a discussão sobre o tema e ações que visem a saúde mental, seja clínica ou emocional.

Em uma época em que a valorização das aparências é muito estimulada pelas diversas mídias sociais, as pessoas querem aparentar sempre estarem bem, bonitas e etc.

Buscar a ajuda de profissionais da área tais como: psicólogos, psiquiatras,  acaba revestindo-se em preconceito, como se as pessoas que buscam este tipo de ajuda fossem fracas.

Não existe uma idade ou momento próprio para a procura deste tipo de ajuda.

Cada pessoa em particular tem suas próprias experiências.

Alguns sinais podem nos ajudar a identificar a necessidade de buscar o acompanhamento de profissionais da saúde mental, são alguns deles: estresse, tristeza, desanimo, apatia, irritação constante, dificuldade de relacionamento entre outros.

Buscar um bom terapeuta nos ajudará a nos compreendermos melhor, a conhecermos mais sobre nós mesmos.

Desta forma, estaremos melhores preparados para interagir com o mundo e com outras pessoas e, por que não dizer, a interagir com a gente mesmo, lidando melhor com nossas próprias emoções, frustrações, dificuldades e expectativas.

A TERAPIA quanto mais procurada pela população em geral, mais benefícios trará a todos desmistificando o preconceito contra este tipo de tratamento.

Enriquecerá o debate a respeito do tema Saúde Mental, encorajando inclusive, uma ação mais direta do Estado, colocando à disposição da população maiores recursos nas redes de Hospitais e Clínicas Governamentais de forma gratuita.